Desenvolvimento Pessoal: aposto que você é capaz de qualquer coisa e não sabe

Desenvolvimento Pessoal: aposto que você é capaz de qualquer coisa e não sabe



Muito se fala sobre desenvolvimento pessoal, mas você sabe exatamente o que isso significa? A expressão tem a ver com progredir, evoluir e crescer constantemente. Dentro de cada um de nós existe uma fonte inesgotável de potencialidades não exploradas, existem forças adormecidas que nem sabemos que possuímos, mas que podem levar qualquer um ao sucesso, quando bem aproveitadas.

Todos nós temos competências e habilidades que ainda não foram desenvolvidas. Mas o que difere as pessoas de sucesso daquelas que fracassam é que as primeiras compreendem as suas limitações e vão atrás do máximo desenvolvimento de seu potencial, modificando  suas crenças, pensamentos, decisões, atitudes, posturas e padrões de comportamento.

Para compreender melhor os elementos que estão por trás da evolução pessoal e de uma vida bem-sucedida, leia este post e reflita se você está explorando suas capacidades ou se está apenas deixando a vida passar.

A evolução pessoal começa na mente

“É nos momentos de decisão que o seu destino é traçado.” Assim disse Tony Robbins, um dos nomes mais influentes da história do coaching. Por isso, para se tornar bem-sucedido é necessário decisão e ação.

Mas você concorda que o sucesso é uma questão de decisão? Ou prefere acreditar em fatores como sorte e acaso? Se você condiciona seu crescimento a condições externas, talvez seja hora de reavaliar seus conceitos para conseguir novos resultados.

Sucesso é sim uma decisão! Você decide ter sucesso quando assume novos riscos, novos desafios, quando passa por cima da zona de conforto. Você decide evoluir quando derruba suas próprias barreiras e renuncia aos prazeres imediatos em prol de objetivos maiores.

Essa decisão tem a ver com prioridades e valores. O que realmente importa para você? Aonde você quer chegar? Reflita sobre isso e assuma que toda mudança começa em uma decisão.

Não são as condições de vida que moldam nosso destino, são as nossas decisões. Note que pessoas com histórias semelhantes chegam a desfechos diferentes. Isso porque percorrem diferentes caminhos. Uns enxergam as dificuldades como escada para superação, enquanto outros utilizam sua história de vida como justificativa para o comodismo.  

Eu concordo que, nas situações extremas, é muito difícil ter pensamentos positivos e acreditar que a vida vai melhorar. É claro que, se você está afundado de dívidas, com risco de deixar um filho passar fome, o desespero toma conta e o pessimismo também Você acaba travando as suas ações, nublando os seus pensamentos.

É aí que entra a dupla “decisão e ação”, de que eu falei antes.

O normal, e o que a maioria faz, é ter atitudes desesperadas, trocar os pés pelas mãos, sofrer e arruinar as poucas chances. Os poucos que tem capacidade de se acalmar, que sabem que a vida pode e vai melhorar, como acreditam nisso, buscam os meios de progredir e conseguir mais da vida. Sabe o que acontece? Eles triunfam.

Pessoas que não se movem em direção ao próprio êxito tendem a se questionar: por que algumas pessoas conseguem e eu não? Mas essa é a pergunta errada, que vai fazer com que seu cérebro confirme sua posição de vítima.

Mas você não é apenas o que pensa! É muito maior do que isso!

Todas as crenças e pensamentos que sabotam o seu crescimento estão enraizados em sua mente. Você precisa aprender a identificar essas crenças e modificá-las, assim como precisa assumir o controle das suas emoções,  pois elas são responsáveis pelos seus melhores momentos, ao mesmo tempo em que podem originar conflitos pessoais e sabotar seu sucesso.

Para que isso não aconteça, você precisa ser dono das suas emoções. Se não houver gestão emocional, qualquer mínimo evento que aconteça poderá te abalar. Desistência, frustração, fracasso, tudo isso tem uma raiz emocional e todas as pessoas passam por isso, até as que você mais admira. A diferença é que elas usam estratégias para equilibrar as suas emoções..

Você não pode aceitar a posição de vítima. Pelo contrário, deve compreender que o que acontece do lado de fora é apenas o mundo te dando oportunidades para crescer. Quem não sabe gerir as próprias emoções, dificilmente toma as decisões certas. Como consequência, patina na vida e não chega a lugar nenhum.

Olhe para trás, avalie seus últimos anos de vida e observe se você tomou decisões que te fizeram progredir, ou se nada mudou na sua vida.

Agora pense: o que você poderia ter feito de diferente? O que te impede de tomar essa atitude hoje para criar um futuro melhor?

Tome uma decisão e mude! A sua mente é diretamente responsável pela sua evolução. Você é capaz de direcionar seus pensamentos para realizar o que quiser e desenhar seu próprio destino. O ponto de partida do desenvolvimento pessoal é decidir e acreditar para, em seguida, agir  no sentido da concretização dos sonhos e objetivos.

Os erros que sabotam o seu desenvolvimento

A maioria dos erros que impedem a sua evolução pessoal não são as ações e sim a falta delas, ou seja, a ausência de atitudes, a inércia, o comodismo. Grande parte das pessoas está sendo empurrada pela própria vida, sem fazer nada para mudar esse percurso.

O que você talvez não saiba é que são pequenas ações cotidianas que transformam vidas simples em trajetórias de sucesso. Veja agora alguns dos hábitos nada construtivos que sabotam o seu crescimento:

Falta de abertura às novidades
Tudo muda ao nosso redor constantemente, nada permanece o mesmo. Nossas relações sociais mudam, os contextos de vivência se modificam, a tecnologia apresenta novos recursos a todo instante.

Ficar preso aos moldes antigos, carregando a velha frase “no meu tempo não era assim”, é uma forma de bloquear o próprio progresso. Ainda que seja difícil sair do seu “ambiente seguro”, você deve se adaptar às novidades e crescer com elas para criar novas oportunidades.

Excesso de lamentações
Outra característica própria de quem não consegue evoluir é o hábito de reclamar de tudo. Lutar contra isso exige muito empenho, já que somos cercados por pessoas queixosas a todo o momento, que reclamam do clima, dos preços, da correria do dia a dia, etc. Esse é um costume automático que quase todos nós temos.  

O problema é que esse excesso de lamúrias convence nosso cérebro de que nada está bom, de que a vida é ruim e que, por esse motivo, não vale a pena se esforçar por uma situação melhor.

Reclamar é alimentar o próprio pessimismo e matar a coragem de dar um passo à frente! Você consegue parar de reclamar pelo que não tem e começar a agradecer pelo que você recebeu até hoje?

Priorizar os prazeres imediatos e procrastinação
Viver em função do futuro é um erro, porque não sabemos se vamos conseguir aproveitá-lo, certo?

Errado.

Claro que é fundamental apreciar o presente e valorizar as coisas boas que nos cercam.  Mas priorizar somente o hoje e adiar tarefas importantes é enterrar as próprias chances de sucesso.

O ideal é que você encontre um meio termo para conseguir desfrutar dos bons momentos do presente sem perder o foco nos objetivos de longo prazo. Isso é feito com planejamento, gerenciamento de tempo e definição de prioridades.  

Não assumir a responsabilidade sobre a própria vida
Pessoas bem-sucedidas sabem que carregam nas próprias mãos a autoria de suas vidas, enquanto os mais acomodados atribuem seus fracassos aos fatores externos e não assumem a responsabilidade pelas suas escolhas e consequências.

Pare de esperar milagres ou de exigir que outras pessoas façam algo por você, porque elas NÃO VÃO fazer, simples assim. Torne-se dono das suas decisões, emoções e atitudes e seja autor da sua própria história.

Medo de arriscar
Ninguém tem garantias de qual é o melhor caminho a seguir, não existe uma fórmula mágica do sucesso. Mas para chegar a novos resultados você tem que arriscar novos passos. É preciso ter um pouco de ousadia para enfrentar desafios, caso contrário você nunca sairá de onde está.

Os hábitos que levam ao sucesso

Como os hábitos podem te levar ao sucesso? Você já refletiu sobre como as suas atitudes cotidianas podem influenciar a realização dos seus objetivos?

Pessoas bem-sucedidas em seus propósitos, tanto no contexto profissional como em qualquer, muitas vezes são consideradas  sortudas, ou são acusadas de receberem ajuda de terceiros para chegar onde estão.

Mas, na maioria dos casos, o que existe é apenas o resultado de muito empenho, de decisões e ações diárias que levaram ao alcance de metas. Isso significa que qualquer pessoa pode construir a própria sorte a partir do desenvolvimento de hábitos motivadores.

Pesquisas realizadas com pessoas bem-sucedidas revelam algumas das ações diárias que contribuiram para o sucesso delas e que você pode colocar em prática hoje mesmo:

Definição de metas
Toda realização deve partir de um propósito. Pessoas que alcançam seus objetivos costumam ter metas bem definidas, sabem exatamente o que querem e traçam estratégias para chegar onde pretendem.

Por outro lado, pessoas estagnadas apenas sentem que as coisas poderiam ser melhores, que algo está errado, mas não conseguem criar metas e objetivos, não sabem o que fazer para sair do lugar, portanto não fazem nada.

Planejamento
Um dos principais ingredientes do sucesso é o planejamento.Crie listas de tarefas para saber quais atividades realizar diariamente e veja o seu objetivo se aproximar.

Usando o tempo com sabedoria
Um dado interessante revelado em pesquisas sobre os hábitos de pessoas de sucesso é a forma como elas utilizam o tempo. Em geral, passam pouquíssimo tempo assistindo à televisão, pois preferem aproveitar suas horas livres em atividades que estimulem a mente, como leitura, atividade física, meditação ou outros hobbies.

Atualização de conhecimento
Como foi dito acima, a leitura é um dos hábitos diretamente ligados à evolução pessoal. Toda forma de aprimorar conhecimentos e de adquirir múltiplos saberes, que vão além dos assuntos de interesse, é válida para desenvolver seu senso crítico e ampliar a sua visão.

Livros, artigos eletrônicos, portais de notícias (fontes confiáveis, sempre) e audiolivros são ótimas opções para que você desenvolva ainda mais os seus conhecimentos.  

Proatividade
Proatividade é a capacidade de se antecipar a uma determinada situação e cumprir tarefas mesmo sem ter sido designado para isso. Uma pessoa proativa se destaca em qualquer contexto, porque ela faz mais do que o necessário e ultrapassa as atividades que foram atribuídas a ela.

Já as pessoas mal sucedidas se queixam até mesmo de cumprir suas próprias tarefas e alegam que não têm obrigação de ir além do que foi determinado que elas fizessem.

Mais trabalho e menos sorte
Por fim, outro hábito de pessoas de sucesso é o empenho, a dedicação para fazer acontecer em vez de acreditar que a conquista seguinte é sempre obra do destino ou da sorte.

Essas pessoas não acreditam em prêmios de loteria, não buscam atalhos, não confiam na “lei dos mais espertos”, ao contrário: elas sabem que sem esforço e sacrifício não há vitória duradoura. No pain no gain!

Os ingredientes essenciais da evolução pessoal

Até aqui você viu alguns dos hábitos que sabotam o nosso desenvolvimento, em contraste com as ações diárias das pessoas bem-sucedidas. Espero que você tenha  percebido que não se trata de sorte ou de intervenção milagrosa, são as mudanças na forma de pensar e novos comportamentos que definem sucesso e fracasso.

E para você começar uma nova jornada em sua vida, faça uma autoanálise com o conteúdo abaixo e veja se você está no caminho certo.

Autoestima

Se você tem apreço por si mesmo, sabe que possui o seu valor e que merece chegar mais longe. Se você reconhece sua capacidade, não aceita qualquer condição que a vida te oferece e busca sempre fazer o seu melhor, quer dizer que você está com a autoestima em dia.

Autoconfiança

Esse termo já revela sua importância por si só: autoconfiança significa confiar no próprio potencial, acreditar na sua força para chegar aonde quiser. Quem não confia em si mesmo, dificilmente vai alcançar um objetivo, por menor que seja. Com esta qualidade, vai ser difícil te abalar e, mesmo quando acontecer, você volta a se equilibrar sem perder o foco no seu objetivo.

Autoconhecimento

Você pode até afirmar que se conhece, mas será que isso é verdade? Você tem noção do tamanho da sua força? Sabe explorar suas virtudes? Reconhece suas falhas e limitações? A maioria das pessoas não tem autoconhecimento e esse é um elemento fundamental para a evolução pessoal. Sem saber onde você está, como saber o que é necessário para chegar aos seus objetivos?


Coragem

Já falamos um pouco sobre o medo de arriscar e enfrentar desafios e o quanto esse medo pode sabotar o seu crescimento. Sim, é preciso ter coragem de aventurar-se por novos caminhos e sair da redoma de vidro, do espaço protegido. Quando você sair da sua zona de conforto, a sua vida vai mudar.

Como disse Tony Robbins: “se você faz o que sempre fez, você obterá o que sempre obteve”. Não há como progredir agindo da mesma maneira, a única forma de obter resultados diferentes é mudando suas escolhas e atitudes.

Mas não se esqueça de que nosso cérebro luta para ficar na zona de conforto, portanto, a adoção de novos hábitos deve ser feita de forma gradual e ter coragem de mudar e deixar a sua antiga vida para trás, é fundamental.

Boa comunicação

Saber expressar com clareza os sentimentos e ideias é necessário para percorrer qualquer caminho. Uma comunicação ineficiente deixa lacunas e falhas de interpretação que podem gerar sérias consequências. Será que você está se comunicando corretamente? Já parou para pensar na importância disso?

Inteligência emocional

Meu foco é inteligência emocional, por isso eu sou suspeito para falar sobre esse tema, mas você já viu o quanto nossas emoções interferem em nossas ações, da mesma forma que elas podem nos motivar também podem nos prejudicar. Inteligência emocional é a capacidade de identificar, compreender e conduzir as próprias emoções, fazendo delas aliadas para o crescimento pessoal.

Superação e resiliência

Todas as pessoas, das mais pobres às mais ricas, das mais simples às mais intelectualizadas, estão sujeitas aos infortúnios da vida. Não há como evitar, mas é necessário ter estratégias para superar, ter tolerância à frustração e resiliência para recobrar as forças e se adaptar a qualquer situação.


Alguém disse uma vez que “não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças” e para se adaptar a qualquer mudança, a resiliência é o primeiro passo.

Então comece a avaliar como você tem agido na sua vida, se você tem favorecido a sua evolução pessoal ou se tem impedido o seu sucesso.

“Nossas crenças se transformam em pensamentos, os pensamentos em palavras, as palavras se tornam ações e estas ações repetidas se tornam hábitos. E estes hábitos formam nossos valores e nossos valores determinam nosso destino.” Mahatma Gandhi.

Abraços e até a próxima.


Por: Henrique Sanches
Postado em: 02/05/2018

Artigos relacionados:

O Buda de Ouro.

O sucesso é para todas as idades.

Ritual Matinal Extraordinário.

7 dicas rápidas para aplicar a Inteligência Emocional no seu dia a dia.